Notas de Rodapé

Abri minha bíblia para a leitura do texto chave e num relance olhei a do meu vizinho para conferir a referência. Aí percebi o quanto a minha bíblia estava rabiscada. Quem olhasse aquela página da minha bíblia veria palavras-chave emolduradas por retângulos, com linhas de chamada que às vezes apontavam para uma pergunta, outras vezes … Continuar lendo Notas de Rodapé

Anúncios

Um Dia de Ausências

Quando eu cheguei no lugar da confusão o homem já havia se afastado. Um dos nossos já estava  com ele aconselhando-o. Antes porém, aquele homem agrediu verbalmente os membros da igreja que faziam a vigilância do lado de fora do templo. Usou insinuações, palavras impublicáveis e ameaças. Ele aparentava algo em torno de trinta e … Continuar lendo Um Dia de Ausências

Um Ensino Multimodo

Hoje eu assisti uma aula incomum (quer dizer, não exatamente hoje... mas você me entendeu, né?!). Era uma aula com um público encorpado; com exceção das crianças, todos estavam numa mesma classe. Uma mistura de idades e pensamentos. E como recentemente ouvi falar, uma mistura de gerações incógnitas (X, Y, Z e por aí vai!). Esse … Continuar lendo Um Ensino Multimodo

Construtores de Linhas

"Dentro das noites escuras O teu trabalho silente será E nessa mudez somente a bravura Ao teu lado caminhará" (Trecho da Canção das Comunicações) Quando eu estava no Exército, pertencia à Arma de Comunicações. O nosso patrono era o Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon. Lembro que nos quartéis de Comunicações ou na data em … Continuar lendo Construtores de Linhas

Para que arriscar? (por Débora M. B. Camargo)

Era uma típica manhã de domingo. Nós, os adolescentes (popularmente conhecidos como “Teens”), e nossa professora de escola bíblica -Ana Rúbia- estávamos prestes a iniciar mais uma lição, cujo tema era (ou deveria ter sido) “Anjos Caídos”. Um a um, os membros de nossa classe chegavam eufóricos, conversando e rindo alto (bem mais alto do … Continuar lendo Para que arriscar? (por Débora M. B. Camargo)

O que ele vai ser quando eu crescer?

Eu assisti o meu professor crescer. Na verdade, dizendo melhor, enquanto eu crescia via o tempo passar na vida do meu professor. Não tem nada de proposital nisso, mas a nossa proximidade naturalmente permitia essa espécie de monitoramento. Tudo começou quando eu tinha uns 11 anos e pertencia a classe dos juniores. Ele dizia ser meu … Continuar lendo O que ele vai ser quando eu crescer?

Tinha que ser assim… (por Cainã Azeredo)

Estava subindo as escadas, ansioso, tamanha a vontade de participar da aula; eu havia estudado a lição no decorrer da semana e tinha bastante perguntas na ponta da língua, porém, ao chegar na sala recebo uma notícia inesperada e um tanto quanto... "polêmica"! Acontece que, no dia anterior, ocorreu um problemão envolvendo o amor juvenil, … Continuar lendo Tinha que ser assim… (por Cainã Azeredo)

O destravador de mentes

O destravador de mentes não é uma pessoa, e também não é um equipamento super tecnológico de última geração. Mas o destravador é muito eficaz. Basicamente, qualquer mente submetida à ele se expande de uma forma maravilhosa. O efeito da mente destravada se vê nos olhos do felizardo; se percebe na sua voz; e nos … Continuar lendo O destravador de mentes

Quem ensinará ao professor?

O palestrante dividiu os ouvintes em oito equipes e entregou ao líder de cada grupo uma folha de papel e um lápis. A tarefa era planejar a construção de uma torre de palitos de madeira e fita adesiva. Nosso grupo se empenhou ao máximo nos dez minutos que nos deram. Eu mesmo empreguei com entusiasmo … Continuar lendo Quem ensinará ao professor?